Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CORAÇÃO ABRE A CORDEONA

– Aos parceiros do 4º Acampamento da Poesia de Entre-Ijuís/RS, de 11 a 13 de novembro de 2005.

A confraria está posta, com seus silenciosos olhos, e a voz dos ancestrais. O canto dos amores, na boca dos poetas, soluça ausências e mitos. O tempo passeia nos retratos, nas lufadas do vento cochichando nas frinchas, de permeio às frestas da história. Barreados de sangue, de amores, velhas paredes sussurram o canto da infância e escorrem por elas cativos caminhos, gretados grilhões nas lutas de amor à liberdade de sobreviver. Os rituais se concelebram na lonjura civilizatória, e o poeta é a voz dos sapos e dos grilos, saltitando soturnos cricrilos emponchados de medos. Entre ervas daninhas e os esparramados cabelos do trigo, os relatos dos Rodeios das Alçadas galopam corcéis fogosos no rio Ijuí-Guaçu. Talvez permaneça em nós a arte de amar o Belo, na cabocla estética dos ranchos e algum “saludo de sapucay” ou um espontâneo e fraterno “ô de casa!” ecoe dentro de nós.
Os ancestrais estão vivos nas artérias de pau-a-pique e alguma tapera, no olho do tempo, ocupa a alma aragana. Enquanto houver algum soluço de terra e gente, o homem estará polir a pedra no eterno monjolo dos arroios. A vida passa, e cada vez mais a pedra, tijolos e paredes cantarão no coração do poeta a celeuma dos que foram, e o canto dos vivos.

– Do livro A BABA DAS VIVÊNCIAS, 2009/2013.
http://recantodasletras.uol.com.br/prosapoetica/73021
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 18/11/2005
Reeditado em 03/05/2013
Código do texto: T73021
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709729 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:19)
Joaquim Moncks