Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Coração anônimo"

Se pudesse, eu por um instante, voaria
como alma, voaria de encontro a ti
porque te amo, mas não te conheço,
te sinto e não te vejo,
mas te cultivo dentro de mim,
com tanto carinho e ternura!
Como se fosses a metade
deste coração partido,
coração que já não ama mais
há muito tempo,
mas que te necessita
a cada batimento,
grita teu nome a
cada pulsar.
Se pudesse te ter agora...
nesse momento em que não tenho paz,
nunca deixaria de te acalentar,
nem deixaria que escapasses
pois tu e somente tu,
tens a chave da minha felicidade,
pois sei que quando te aproximas de mim
tenho reflexos de ternura,
de uma ventura eterna e louca.
Estou te esperando...
desde que sussurraste o
amor em meus ouvidos,
teus lábios desenhados
em meu corpo
é remédio de minh'alma
me ama loucamente,
me beija no escuro,
me chama na hora do sono,
me diz lentamente que chegaste.
Mas preciso te esconder
de tudo e de todos
pois és apenas fruto
da imaginação
de um doce coração
cansado de bater anonimamente!!!
Caótica
Enviado por Caótica em 10/11/2007
Código do texto: T731353

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Caótica
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
34 textos (2247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 14:28)
Caótica