Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mente e alma confusa

 Deu-me uma vontade súbita de voar um pouco mais do que estou voando, voar para um lugar onde medos e derrotas não alcançem a alma, para que eu pudesse descartar algumas partes importantes dessa minha vida, apesar de saber que o tempo impera, cura e destrói tudo, ou quase tudo, e não importa se quisermos ou não, ele simplesmente o faz.
As rugas me envelhecem dia a dia, e ano passado eu era mais jovem, mas não importa, pois hoje sou externa e internamente mais sinilizado. As vezes tento abstrair das imagens passadas, todos as suas diversificações e delicadas sutilezas, mas é estranho, não consigo desfazer-me das muitas lembranças, mas o que fazer se tudo esta extremamente radicado dentro de mim. Também fico triste, por ter deixado em mim confusões antigas, me induzirem a tantas indecisões que culminaram em tentativas desastrosa de viver sem frustrações, sem desencontros e tristezas. Pura inocência, pois nada nessa vida se muda para melhor abruptamente, e neste momento perdido dentro de mim, gostaria de encontrar o caminho das pedras, mas tenho medo de segui-lo, pois implicaria diretamente em expor pessoas aos capítulos idiotas da minha conturbada e insignificante vida.
Mas lentamente vou tentar agradar meu coração com meus sonhos e viver intensamente, com a mesma vontade dos que não sabem se estarão vivos amanhã. Só espero voltar a sorrir como se nada estivesse acontecendo secretamente dentro de mim, e esse vasto mundo obscurecido pela minha tristeza, se feche e termine antes que ele me destua, que eu encontre alguém, que eu olhe dentro dos seus olhos e veja um mundo que não seja abstrato e confuso quanto o meu. Um dia alguém me fez voar dentro de mim e pensei que estivesse amando e sendo amado, estava enganado.
 Amo muito tudo que passei, mas não faria novamente de modo algum, acho que é porque não me apaixonei ainda, e não amei o amor dos apaixonados. Peço apenas que o universo se compadeça, pois luto acima de tudo, e com muito sofrimento contra minhas próprias incredulidades, e isso é merecedor, difícil,e por vezes cruel, mas um dia o amor vai chegar, e tudo muda, porque ele sempre chega e tudo se modificara.  
Walter carvalho
Enviado por Walter carvalho em 11/11/2007
Reeditado em 04/01/2016
Código do texto: T732863
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter carvalho
Fortaleza - Ceará - Brasil
39 textos (5347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:53)
Walter carvalho