Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Impecável Amor

( SobreViver )

Nos meus sonhos... Você esteve...
Ontem aconteceu de novo... De modo diferente.
Não procuro razões, pois sei que não faz sentido tentar entender o inexplicável. Tem coisas na vida da gente que são porque são e ponto.
Como na canção do Gil (Drão). O amor é arquitetura, caminha dura, cama de tatame pela vida afora... Comigo, contigo e com todo mundo.
Não existe pecado quando se busca amar o amor. Acordei do sonho com gosto de compaixão... Fui ouvir a canção (Drão).
Morrer e nascer trigo, viver e morrer pão...
O amor é isso!
Pra ser sentido enquanto durar.
Não existe prazo de validade, não tem cabimento usar correntes.
Ninguém é de ninguém de fato...
Somos todos seres livres, semeaduras.
Somos momentos... Sedentos por felicidade.
Quando não conseguimos suportar a angústia mútua de (sentimentos, quereres,  medos, parcerias, escolhas) o laço se desfaz. É assim com todo mundo, todos tememos o amor apesar de querermos muito amar e ser amados.  Hoje, amanhã, depois...
Somos pequeninos momentos que somados geram o todo – meus, teus, nossos e dos outros... Sentimentos às vezes são incontroláveis, contraditórios e intocáveis aos olhos... Por isso são sentimentos. Impecáveis!
Cássia Nascimento
Enviado por Cássia Nascimento em 12/11/2007
Reeditado em 12/11/2007
Código do texto: T733988
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cássia Nascimento
São Paulo - São Paulo - Brasil
2385 textos (48343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:20)
Cássia Nascimento