Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRIO

FRIO...Faz frio, a atmosfera é cinzenta e não quero essa paisagem que não me conforta, quero-a enfeitada de arabescos e pinto-a de azul celeste que é a cor dos meus sonhos. Agora encontro realidade e fantasia. Começa a chuva e vejo o vidro embaçado onde tenho o desejo de escrever todos os medos que me dominam. O impulso de querer e ter, foge ao meu controle...Sinto que necessito viver com o viço do futuro e amar alguns momentos do passado. Sozinha escrevo na espera de um vento mágico que leve essas palavras a um destino, lá onde não posso chegar a não ser na simples metáfora do imaginar. O carinho elimina distâncias e as fronteiras divisórias... Se até aí cheguei receba meu beijo quente que superou a chuva e o frio para te alcançar. Ainda chove, as plantas sorriem e eu imploro o brilho da lua. Olho para os lados e procuro uma janela embaçada para escrever, encontro a janela de minha alma e a ela entrego todos os meus desejos.
Faz frio..
Rosi Finco
Enviado por Rosi Finco em 19/11/2007
Código do texto: T743732

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosi Finco
São Paulo - São Paulo - Brasil
61 textos (7816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 08:28)
Rosi Finco