Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Sem demora... me devora"

E ainda assim, rodeada da saudade e da euforia, sinto-te! Como quem veste em roupagem, o verão. Desnudo-me em ti, minha delícia. Faço-te meu ritual diário: penetra-me como a água a aliviar meu calor, desliza-te em minha tez. Hidrata-me a pele macia, torna-te suave, enfim!

Fixo-me contra o vento, que por ora tu és. Toca-me a face ainda inebriada pelo delírio provocado. Arrepia-me dos pés à cabeça, enlouquece-me com teu gosto e me extasia de prazer.

E ainda assim, desejosa de ti, que te espero! Minha delícia, meu coisinha à toa!


Carinhosamente eu o chamo de “coisinha à toa”, talvez desejando a intensidade do Amor de Ricardito, personagem do romance de Mário Vargas Llosa, “Travessuras da menina má”. Mas, é pra ti, delícia, o meu total descontrole...


Beijos


Te adoro demais...

Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 21/11/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T746960

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 44 anos
532 textos (38716 leituras)
1 e-livros (263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:46)
Anita Fogacci