Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Aos meus frutos"



Finda já o tempo de encontros. Já é época da colheita. Preparo-me para colher os frutos semeados com destreza, afeto e muita persistência.

Por breves momentos quase desisti! Eram pragas que insistentemente invadiam a minha plantação humana e tentavam – sem sucesso – contaminar minhas “frutas”. Orações, gestos e muito amor foram as minhas armas, e eu as venci; morreram todas as pragas permissivas.

Hoje, passados três longos anos, vejo diante de mim a possibilidade de mudança: eu vejo o Futuro! Um futuro que irradia criatividade, competência e humanidade.

Algumas frutas chegaram até as minhas mãos já em crescimento; estas, já adultas, ofertaram-me o lavor oriental: paciência e minúcia.

Algumas manhãs, os meus frutos demonstravam cansaço: talvez na agitada plantação fosse tempo de festa; mas eu relevei, e continuei o adube.

Lembro-me dos cuidados na amenidade do outono, dos criteriosos zelos em época de inverno; das aflorações precoces da primavera. Ah! O meu ofício exigiu, além das forças humanas, muita perseverança. Mas eu venci!

É verão! Findou-se o processo! Deu-se o amadurecimento destes frutos. Frutos humanos, frutos que a humanidade tanto necessita!

Nomeá-los-ei estes frutos de “Esperança”, e deposito neles toda a minha fé em assistir uma civilização coesa e justa; certos de que farão toda a diferença. Certa ainda, de que serão eles os veículos que possibilitarão ao meu país uma nova chance de alcançar à ética e a seriedade de que tanto necessitamos.

Perdoem-me caso eu tenha, por algum deslize humano, deixado fartar-lhes água! Pelas minhas ausências necessárias. Ainda mais: perdoem-me por deixar transparecer quão dona me senti de vocês, meus frutos; mas isso é orgulho de agricultor zeloso, hão de perdoar esta minha vaidade!

Entrego-lhes agora à vida: tirem dela o que ela melhor lhes ofertar. Entreguem-se ao sucesso: lute incessantemente pelos seus objetivos, sejam criativos (como foi neste nosso último trabalho). Acredite em seus poderes de transformar o simples em suntuoso, de fazerem brilhar voluptuosamente um pequeno ponto de luz.

E façam da trajetória a ser seguida uma vasta plantação: acresçam em seus sonhos muito trabalho e amor. Realizem sempre! Não desanimem, nunca! Pensem sempre no possível, mesmo que diante das dificuldades que lhes serão impostas. Vocês são frutos bons, gerados pelo Amor de seus pais e adubados com o melhor que há na vida: a humildade.


Desejo a todos os alunos do 3ªM A e B meus sinceros votos de felicidades e sucessos!

Anita Fogacci
Enviado por Anita Fogacci em 27/11/2007
Reeditado em 10/01/2008
Código do texto: T755593

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Anita). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anita Fogacci
Cabreúva - São Paulo - Brasil, 44 anos
532 textos (38730 leituras)
1 e-livros (263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:14)
Anita Fogacci