Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELOS PRISMAS DA VIDA...

Sei que no ontem da vida,
pelos primos aclives íngremes
de foscos paralelepípedos,
-ocultos prismas ainda indefinidos-
procuramos pelo céu.
Nele não havia nuvens,
nem cansaço...
os tempos eram claros,
não urgiam por atalhos!
Único objetivo...
"senso lato"...discernido!
Rumo vasto, decidido...
sobre os prismas-refletido!
Tempo...nos era ficção.
Tínhamos o viço,
-A tal força da ilusão!-
Hoje ...
nos avistamos por engano,
sobre o mesmo chão...
não plano!
Prismas de sempre...
Luz da vida... distorcida,
Ofegante sobrevida.
Sim, nos olhamos por engano,
ainda que refratários aos anos.
Fomos tão distintas jornadas!
Então,foi só por isso...
Que trocamos de calçadas.

MAVI
Enviado por MAVI em 28/11/2007
Reeditado em 28/11/2007
Código do texto: T755893

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5444 textos (340796 leituras)
993 áudios (87033 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:11)
MAVI