Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Janela

A casa fechada e os olhos abertos.
Lá fora o frio e aqui dentro,
Meu corpo quente pede por algo
Que não pode ter.

Parado aqui eu confidencio para às paredes
Pequenos segredos bem guardados
Em grandes momentos,
Que pairam pelo ar despercebidos.

Voando sobre multidões sem ser visto,
No dia cinza,
No momento em que a brisa gelada toca.

Talvez até possa controlar o ar agora,
Você vê como ele se move a meu bel-prazer?
Ah! Esse concerto de sensações
Ao meu ouvido parece trazer algo novo.

Então se deixe levar pelo nada tão simples aqui
ou pelo complicado tudo que tanto a agrada.
Agora segure na minha mão e pule pra ver tudo mais lindo no dia frio,
para ver tudo o que se pode ser até o fim de seu caminho.

E agora acorde e reviva tudo isso,
Feche esse ciclo.
Acorde sempre que quiser,
Reviva a sua realidade, encare isso como sua vontade
E acorde sempre que precisar.
Vinícius Lima
Enviado por Vinícius Lima em 30/11/2007
Código do texto: T759035
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vinícius Lima
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro - Brasil, 26 anos
28 textos (958 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:53)
Vinícius Lima