Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Réquiem à Vida

Somados os medos dos dias que nos resta, depois da infância adormecida vão nos lembrar suaves acordes de tempos idos, soando em voz mansa e compassada...
Lembram-se aqueles que conheceram e sentiram a ternura e a grandeza da natureza de um ser, desconhecem aqueles que não viveram nem souberam quem era.
De tanta sorte que a vida nos oferece e abençoa, quantas dádivas deixamos para trás...
O choro não redime a ninguém a não ser nós mesmos, pela perda que sentimos por nossa própria fragilidade...
Há que se desculpar à vida, pois dela culpamos a sorte, e a sorte pra essa mente, pois havia tempo e não aproveitamos...
Quantos caminhos ainda por percorrer...
Quantas estradas a seguir...
Quantas vidas? Quanta vida!!!
Claudo Ferreira
Enviado por Claudo Ferreira em 02/12/2007
Código do texto: T761292
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Claudo Ferreira e o site Recanto das Letras) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudo Ferreira
Tabuleiro do Norte - Ceará - Brasil, 53 anos
272 textos (38413 leituras)
81 áudios (6569 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 02:08)
Claudo Ferreira