Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antes do fim abrupto de um corpo

 


Palavras escritas antes do fim abrupto de um corpo,não fosse o mundo acabar amanhã sem eu te dizer, o quão realizado me senti por te amar e agradar, mesmo que o amor me estivesse vedado, pura ilusão.

Podemos sempre olhar para trás e extrair o lado amargo, a experiência falhada que nos uniu para sempre. Não é engraçada a ironia disto tudo, mesmo sabendo que um dia lerás isto e nada mais que um mero desdém te sairá da expressão, para lá de especial.

Podemos sempre usar as palavras ditas para o vento e eu sei que guardas melhor sensações, distorcendo de forma quase inconsciente um amor de almas gémeas que ultrapassa todos os conceitos de diferença. Apenas o hás-de sentir mesmo no silêncio da noite fria e eu apenas estarei de coração, de corpo ausente em louca fuga. Como seria feliz se vivesse contigo, de forma positiva, virada para um presente iluminado.

Cresce a brutal ansiedade num contexto de negativas possibilidades, sabe-se lá porquê. A vida e os actos caminham de mãos dadas, em aplausos, apupos, a pressa em fugir à evidente realidade de não querer o que seria lógico querer.
Ainda há-de voltar a vontade de vencer junto de alguém que talvez ainda nem o sonhe, apenas importa seguir na cegueira do irracional desafio da novel experiência de viver junto ainda não se sabe bem de quem. Apenas ir por outro caminho, independentemente da vontade de dar um salto definitivo.

Palavras assim descritas num firme pesadelo de gostar sem sentir feed-back e insistir, puxam pela paciência, num caminho em que o tempo não contempla paragens. A loucura é um acto normal na veloz sucessão de inacessíveis sentimentos e depois na recuperação, tudo se desmorona...
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 05/12/2007
Código do texto: T766381

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (58975 leituras)
50 áudios (13972 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 04:12)
Manuel Marques