Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANÁLISES SOBRE UMA REALIDADE





“Apenas concretizamos  o ideal dos deuses,
num mundo onde o único concreto é o abstrato”.

 Quando tentamos imaginar
 o que seja real ou ilusório,
 ficamos e criamos o impasse,
 diante dos pensamentos que nos são jogados
 todos os dias, como únicas realidades...

 Quando ouvimos palavras, ditas
 por pessoas que ainda nem mesmo
 souberam descobrir o que são...

 Quando pensamos que somos o máximo
 porque criamos alguma coisa
 que julgamos ser nova...

 Quando falamos  de crenças
 que nos foram impostas no
 contexto do mundo onde vivemos...

 Quando achamos que tudo se resume
 na sentença das igrejas
 que há muito já lotearam o céu...

 Dentro deste contexto de um mundo
 Irreal ilusório com conotação de real,
 pensamos que somos os criadores de alguma coisa.

 Entre Deus e o diabo,
 o eterno duelo entre o bem e o mal.

 E nos comportamos, tomando partido
 de um lado, simplesmente por medo
 daquilo que ainda não conhecemos.

 Somos criados num mundo de ilusões,
 que são mantidas para nos tornar
 sempre vítimas indefesas,  necessitando
 que nos resolvam os problemas ,
 quando, na realidade, deixamos de encarar
 tudo de uma forma real por simples medo.

 Quando imaginamos algo de novo,
 apenas transportamos para o mundo físico
 o ideal dos deuses, que se acham
 plasmados no éter, já de há muito.

Teorizamos sobre o que ainda não conseguimos entender
 e as teorias ficam atormentando a mente de muitos,
 tentando provar o que é real ou ilusório.

Os sábios falam, jogam suas palavras e passam.

Os homens passam a vivenciar as dúvidas,
até de que alguém consiga provar uma  verdade ou mentira.

O abstrato passa a ser real, num mudo de concretismo relativo.

 O ruminar das idéias cria e plasma
 os desejos e ansiedades de enigmas e problemas
 do mundo das idéias.

 O pior de tudo, no entanto, é aquele
 que se subjuga a todas as ditaduras
 e fica parado, esperando  a salvação
 por um Deus que, segundo sua concepção,
 vive única e exclusivamente para servi-lo,
 para tirá-lo das situações de perigo  e embaraços.
















Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 29/11/2005
Reeditado em 09/04/2009
Código do texto: T78267
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:00)
Vanderleis Maia