Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dúvidas e questionamentos

   "Aqui neste momento em que agora estou,
   em mim e no organismo que ora ocupo,
   sinto perante eu mesmo que um corpo
   usurpo".

   É bastante provável que tal pensamento tenha ocorrido a um          grande número de seres humanos sem, contudo, a totalidade tenha se preocupado com o mesmo.

   A preocupação decorre da dúvida,
   a dúvida da vontade de saber e se conhecer.
   O saber só é alcançado por uma minoria,
   que procura a verdade.

   A verdade jamais será una e absoluta,
   diante da infinidade de pensamentos.
   O pensamento lógico é a essência do homem
   que procura e pesquisa a razão de SI e do SER.

   Se sou não sei e  se sei não sou, portanto,
   os extremos  se chocam e se colocam
   tão distantes um do outro,
   diante do pensamento lúcido;
   ser lúcido exige um abandono de formas e convenções.

   As convenções regem os homens,
   e seu comportamento social e humano.
   Como pode o homem ser livre de preconceitos e
   convenção,sem se isolar do mundo e do seu semelhante?

   O homem se agrega e neste momento se desagrega,
   por não conseguir manter-se coeso,
   em sua estrutura psíquica e social.

   É neste momento que a dúvida se instala,
   como se fora um tumor maligno.
   O choque normal que acontece entre os homens
   decorre da natureza unitária do mesmo.

   A sua individualidade como homem se manifesta
   contrariamente a todos os conceitos e formas de convivência.

   Talvez seja o único meio
   para o homem alcançar
   a individualidade, sem ficar só,
   seja o total abandono de si mesmo,
   e voltando-se para dentro de sí
   deve expelir para fora
   tudo aquilo que incomoda o seu EU MAIOR.

   Neste momento é exigido do homem que ele se esvazie e quando  isto acontece, creio que seja o momento certo e exato para que ele se complete, se preencha e traga para dentro de si tudo e responda todas as dúvidas até então existentes.
   
   As dúvidas, angústias e sofrimentos, empurra o homem rumo ao seu destino maior que é o conhecimento.


 20/11/04-


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 13/12/2005
Reeditado em 27/09/2007
Código do texto: T85556
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:01)
Vanderleis Maia