Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E AGORA, JOSÉ ?

     

 



A festa acabou e o rombo ficou a fome aumentou, o povo gritou, ninguém se importou...
E agora, José, você elegeu, ele assumiu,o mundo então viu por horas a fio?
E agora, José, o que resta da vida que foi prometida, ficou resumida, não resta mais nada?
Que vamos fazer, acabar com a fome, enganar cidadão, prender o ladrão, esconder nossa mão?
Que resta de tudo que andam falando, qual é o resultado, se tudo se encontra amarrado?
Que vamos fazer para vencer os abusos de todos os lados, dos que ditam as normas pro pobre coitado?
E agora José, você que votou, elegeu presidente, elegeu deputado, elegeu senador?
E agora, José, como está o salário, diante de aumentos de todos os lados?
Como está a reforma da previdência, que já é contestada com antecedência?
E depois que virá o aumento almejado dos gordos salários dos deputados, que ainda se acham pobres coitados?
E agora, José, que resta para a massa que em sua desgraça só sabe chorar?
Que fazer da saúde que se encontra precária, que rasteja nas portas da previdência, onde está a urgência?
Que fazer dos ladrões que roubam o erário e aumentam os salários daqueles que julgam, procurando abrigo ao próprio castigo?
Cadê o seu carro adquirido com sofrimento, para um passeio já programado, sem dinheiro, no entanto para por o combustível almejado?
Onde estão jogados, os direitos que defendeu, jogados que foram, esquecidos, corrompidos?
Onde está o juiz, símbolo de retidão, que solta ladrão fora da lei, que apenas conhece o numero da conta que tem na suíça, onde está a justiça?
Onde estão os lideres do povo, que gritava nas praças, fingindo sofrimento, cadê o aumento que foi prometido ao pequeno operário ?
E agora, José, como fica a família, que segue uma trilha traçada na mídia, que leva ao nada?
E agora, José, como fica a vergonha diante de tudo que sempre se vê, em toda tv?
E agora, José, como fica você quando vê na tv. o político corrupto fingindo inocência  e rindo por traz, o que você faz?
Como ficam as crianças que, com peraltice, matam, estupram, tocam fogo em índio e são promovidos com gordos salários;  quem sâo os seus pais ?
E as mordomias que pagamos a bandidos que ficam encastelados, usando o legado que lhes foi outorgado...
E sua esperança de grandes mudanças, de transformações, se tudo não passa de simples ilusões...
E agora, José, o que melhorou e irá melhorar, pode esperar aumentos sem conta para o povo pagar...
E agora, José, o governo mudou, mas tudo ficou do jeito que era, pois todas as promessas são sempre quimeras...
E agora, José, que resta fazer, diante de tudo que vemos agora, só resta chorar e novamente votar e esperar nova hora...
E agora, José?

“O político nunca diz o que pensa, ele fala apenas o que o povo quer ouvir”.
 

17/01/03-VEM
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 15/12/2005
Reeditado em 09/04/2009
Código do texto: T86445
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:34)
Vanderleis Maia