Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Herói Anônimo do Amor

Vou deixar que o tempo me diga
Se ainda há tempo
Se ainda agüento
 
Tentei esquivar-me de você
Pegar a estrada da solidão
Desisti quando percebi
A chama acesa da paixão
 
Vou deixar que o pensamento viaje
E traga a lua que te prometi
E as nuvens branquinhas pra você brincar
 
E enquanto meu coração queima como o sol
Gravo em aço
A chama incandescente do amor
 
Somei as estrelas
Do céu e dos mares
Contei as lágrimas
Voei entre meus sonhos
 
Deixei que o tempo curasse
As feridas abertas e que sangravam
E medo de amar me causava
 
Deixei que a calma dos dias
Me fizesse provar o beijo
Na maior intensidade
E me entregasse completamente
Ao herói anônimo do amor
 
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 26/12/2005
Código do texto: T90674
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:53)
Priscilia Nascimento