Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu estaria dizendo adeus ?



Nem bem eu sei, só sei que neste amanhecer por muitos caminhos andei e andei ...
Tentava acordar a memória trazer a tona o mundo que vivi,
as pessoas que conheci, que amei ...
e tudo vinha numa lembrança vaga, sem dores , saudades suaves, amenas ...
apenas marcas das pedras, pegadas espalhadas da vida  já sem vida...
as cores nãos mais existiam, o verde e o azul ficaram tão cinza!

Será que perdi a emoção ou gelei as entranhas, as mãos, o coração?

E eu me perguntava, por que lutar tanto,
tentar subir tantos degraus, topos
quando tudo é tão efêmero, tão poeira e ventos?

Por que ser tão correta, leal quando tanta maldade existe, tanta inveja,
 tanta hipocrisia, tanta falsidade fantasiada de sorrisos amigos ?

O mundo é tão vazio de tudo, tão cheio de crenças, de pregadores, predadores
que pensam estar espalhando a paz, derrubando muros , pregando a igualdade
quando nada mais estão fazendo do que mostrar suas vaidades ,egoísmos, tentando
apenas escrever histórias e ficar na história para além dos horizontes ...

Onde será o fim do horizonte?
Onde começa e termina o arco íris?
Onde estão os campos dos girassóis?

E eu fui tão, tão longe, até o pedacinho do muro de Berlin que tive entre as mãos ...
e eu pergunto, hoje , lá existe a igualdade, a felicidade ?

Volto ao chão que piso,
vejo a briga por poderes e ganâncias sem lembrarem
que todos são irmãos, precisam dar as mãos !

Afinal qual a importância de cada um, se tudo passa, fica o retrato amarelo,
a dor apaga e ao pó ... ?

Talvez este meu hoje esteja bem triste,desiludido com tudo,
não achando graça  de nada,
sem vontade de falar nada e deixando a alma reclamar  ...
ou quem saiba eu queria um mundo melhor
sem topos  apenas um simples canto para sonhar
e livre voar  sem ninguém incomodar?

Não, não sei, amanhã voltarei a pensar
neste meu infeliz dia que nem começou e já finda , já é passado
e saberei se  realmente estou dizendo adeus
ou tudo não passou de uma ilusão
das letras que saíram agora das minhas mãos !


Maria Thereza Neves
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 27/12/2005
Código do texto: T90852
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90990 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:47)
Maria Thereza Neves