Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero Pôr Alguém no Mundo

Quero sim .
Alguém completo.
Que aprenda a viver sabiamente.
Que tenha a dose exata de loucura e lucidez e que as domine.
Que exerça seus dons e seja muito criativo.
Que navegue entre o concreto e o abstrato. Sem que se perca.
Que sua mente ampla ocupe largos espaços.
Com eterna sede de conhecimento.
Que tenha raciocínio matemático e frio, quando preciso.
Quando não, que veja o mundo com olhos de artista.
Que seja forte ao extremo, e de extrema delicadeza.
Que seja firme, determinado.
Mas saiba que é necessário chorar, quando em quando.
Que saiba também ser humilde. E exercite o perdão.
Que ame cada forma de vida, cada detalhe da Natureza.
Que lhes observe e admire a perfeição.
E saiba Quem as criou. E agradeça.
Que seja saúdável e não se dê a vícios.
Que saiba decidir por si mesmo.
E colha os frutos dos acertos com a mesma dignidade
com que enfrente os espinhos dos erros.
Mas que sempre tente. Por maior que seja o medo.
Que seja rico em idéias, trace muitos planos.
E que os construa com talento, trabalho e persistência.
Que seja dócil, mas nunca se amanse.
Que respeite e se faça respeitar.
E que seja profundamente justo. E leal. Com todos e consigo.
Que olhe para dentro e se reconheça .
Que tenha em seu interior um mundo se expandindo.
E quando obtiver pleno conhecimento de si mesmo, que só
então procure entender os outros.
Que ofereça apoio aos que precisam.
Que lhes abrande o sofrimento. De forma natural, gratuita.
E não tema pedir ajuda. Todo mundo precisa.
Que nunca aprenda a segregar, e ame aos outros como iguais .
Que viva tristezas e alegrias.
Mas que tudo somente o fortaleça.
Que tenha calma e pressa. Serenidade e ânsia de viver.
Que saiba ser sério, mas distribua lindos sorrisos. E que ria alto. Muito.
Que acorde os galos das manhãs !
Mas que saiba entender de silêncios, que os perceba e admire.
Que saiba o momento certo de ouvir e falar.
Que seja franco, verdadeiro. O melhor amigo que alguém possa desejar. Um grande companheiro !
Que abrace caloroso e forte. Tenha um beijo molhadinho.
E que com isso promova muitas curas.
Mas que também saiba curar-se, pois ninguém é poupado da dor.
Por isso, saber ofertar e receber carinho é fundamental.
Que tenha uma voz linda, potente e macia.
Mãos de pianista. Bela postura. Um caminhar elegante.
Que saiba brincar, e que disso nunca esqueça.
E que cresça em travessuras. Alegre os pavimentos das ruas.
Mas que mantenha um grande mistério. Uma aura noir.
Desvendado apenas por quem lhe vê o brilho.
E que seu olhar guarde sempre uma criança.
A despeito do passar do tempo, das secas e enchentes, dos fortes ventos, dos sismos e beirais de abismos.
A despeito de tudo.
Sempre com a certeza  de poder contar com pelo menos dois portos seguros, insones, atentos.
Quatro braços sempre abertos. Duas bocas de afeto.
Dois corações para se aninhar.
Pode ser só um menino. Com a luz de um Avatar.
Só isso.

Claudia Gadini
10.11.05

Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 27/12/2005
Reeditado em 27/12/2005
Código do texto: T91050

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:07)
Claudia Gadini