Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ruas virgens



as ruas, virgens do teu pó, gritam ventos nocturnos
bebendo seios
ou não se tratasse da lua a namorar-nos.

não sou senhor dos meus passos
nem o procuro
busco apenas as incertezas cintilantes do grito.






são marcos (2004)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91141
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:15)