Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

duplo prazer

há em vós, que orais ao silêncio, um gesto cru
que desce do parapeito de sonhar
rumo à queda
que há em nós

a vertigem de viver é sonho, sim,
na estrada que desviamos: é essa a rua nua
eis o caminho, áspero, lama-lima-lume-leme

no duplo prazer de brincar com letras
me deito e levanto
todos os dias da minha vida.

são marcos (30 de maio de 2004)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91312
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:42)