Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

maresias (III) *

encontro vestígios por aqui, local de palmeiras loiras
e mulheres subtis
uma garrafa com pingos já acres de festa: nesta ilha
me sobro ao mundo

dou dois passos na preta terra de vulcões de meca e árvores
empedradas: colho a água do todo
até acho que perdi sangue na imensidão celeste do momento

o resort está assim escuro e longe
a cidadela mostra neste instante os seios fartos ao mendigo
para a água prateada embalar o xaile do sunset

eis o areal profundo, braços de guitarras, ao despique,
a camelar
para ver a espuma algada, um qualquer fundo sonoro
e inexacto
de tudo: quando o raio de sol mudar de cor, cobrirás
o peixe com limão e sonhos.

* publicado no caderno colectivo da Europress
"quatro poetas numa garrafa à deriva no atlântico",
com Fernando Grade, M.  Parissy e Nuno Rebocho (2004)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91333
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:48)