Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

bruma do fim

neste final de tarde, cíclico, repito-me na ignorância
do céu.
e, porque me esqueci de contar as estrelas e os signos, digo-te só:
alguma vez ouviste a bruma do fim?

são marcos (24 de junho de 2001)
Nuno Trinta de Sá
Enviado por Nuno Trinta de Sá em 28/12/2005
Código do texto: T91479
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nuno Trinta de Sá
Portugal, 43 anos
73 textos (1676 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:52)