Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Te odeio, te amo

Nas horas em que me fazes sofrer
Mais do que eu mereço, te odeio.
Mas quando trazes nos braços o perdão, te amo.
Te odeio em todos os momentos
De sua falsa tristeza,
No entanto te amo, nos raros minutos
De muita loucura.
Se te odeio porque me deixas chorando,
Quase sempre te amo por vê-la sorrindo.
E quando te odeio por prazeres negados
Te amo, sabendo que seus desejos são outros.
Te odeio por saber que não és só minha
E te amo por descobrir que não pertences aos outros.
O meu amor é desse jeito porque te odeio,
E o meu ódio é por te amar desse jeito.
Sérgio Corrêa
Enviado por Sérgio Corrêa em 03/01/2006
Código do texto: T93824
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Corrêa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
68 textos (1745 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:17)
Sérgio Corrêa