Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bilhete de renúncia

Desisto desse amor, não consigo mais controlar as lágrimas e as queixas diárias.  Não quero mais aquela louca vontade de me abrir em gozos e me fechar de prazer.  Estou recusando a sua posse, o seu tempo livre de me receber de graça.
Eu queria casamento, você, liberdade.  Assim nos perdemos ...
Caminhei em outros pensamentos e decidi comigo a própria vida, merecendo mais do meu próprio “eu”, chega de me odiar por gostar de você!
Nada mais é a mesma coisa, nós nos conhecemos e eu te acuso por isso!  Estar sozinho não é a mesma coisa que se sentir solitária, e você me abandonou sem sair de perto de mim!
Estou rejeitando essa nossa vida separada, ame ou deixe-me ir.  Fingir amor não me salva, tortura.  Não vou mais sofrer por ter que viver sofrendo.
Te renuncio e aqui deixo escrito o quanto passei por gostar de você.  Mas, de que me vale dizer hoje que te odeio, e passar a vida inteira te amando?


Sérgio Corrêa
Enviado por Sérgio Corrêa em 03/01/2006
Código do texto: T93873
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Corrêa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
68 textos (1745 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:55)
Sérgio Corrêa