Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gotas de cristal

É difícil te ter, por estares tão distante dos meus braços, embora em meus olhos e mente você brilhe como um cristal.  É difícil estar ao seu lado no momento em que todos te dão e recebem atenção, e eu fico isolado apenas a admirar o seu jeito que me fascina e que me quer longe.
Quero que me faças como homem, em um instante que te vejo em pensamento, no tempo em que minhas mãos tentam ir ao seu encontro e os meus lábios beijam o vazio.
Te admiro mas não posso mais te querer, pois é difícil manter um cristal que não brilhe ao seu possuidor.  Espero levantar meus olhos e que apareças novamente, bela e adorável, para trazer de volta o meu desejo.
Voe, para bem longe de mim, me sinto incapaz de cuidar de você, não me seduza, não me chame para os seus encantos, esconda o seu rosto entre os cabelos e fuja de mim, eu te peço.
Por mais que feche os olhos, não consigo te tirar, e com isso me nego aos seus brilhos mesmo que insistas em me dominar.
Não tenho mais coragem de te beijar, tenho medo de sua magia, mas não quero sua saudade, como não queres minha ausência, quero que fique apenas como um lágrima, que fique apenas em suas gotas de cristal.

Sérgio Corrêa
Enviado por Sérgio Corrêa em 03/01/2006
Código do texto: T93889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Corrêa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
68 textos (1744 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:07)
Sérgio Corrêa