Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Eterna Busca do Amor

Incontextuaveis
Sentimentos sem forma
Avessos
Arredios
Almas novas
Ou velhas
Entre becos escuros
No sol à pino
Arrastam-se
Choram
Pensam naquele amor
Disforme
Sem qualquer paradeiro
Guerreiro
De si mesmo
Que um dia acreditaram
Que amar era tudo
Contextos
Filosofia de vida
Amor sem calma
Desenfreado
Angustiado
Mas feliz em si mesmo
Amor que não enche barriga
Mas sacia a vontade
Bandida por ela só
Nua
Sem vestes carnais
Ó alma
Perispírito
Revestindo
O mais nobre
Puro
Sentimento
O amor.
 
PUBLICADO NO LIVRO ANTOLOGIA ESCRITORES BRASILEIROS, EDIÇÃO 2006, PÁGINA 122.

Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 06/01/2006
Código do texto: T95226
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24433 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:55)
Priscilia Nascimento