Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERDADE VERDADEIRA! ISSO NÃO ACONTECE COM VOCÊ?


QUANDO A GENTE SE PÕE A APRENDIZ DA EPISTOLOGRAFIA. ACONTECE CADA COISA.



Um conhecido meu, muito, mas muito ateu
hoje doente, amanheceu suplicando saúde a Deus.


Passou um vento por mim tão rápido
não deu tempo nem de pegar
tão ligeiro era o vento, levou o que eu ia te dar.
Verdade! era de baunilha.


Fiz um poema para Cecília Meireles
inventando o seu nascimento
adormeci com o poema na mão
acordei sem lápis nem papel
ô, Cecília. Eu ia lhe entregar!


Fui tomar um copo d´água
vi a solidão na geladeira
gemendo
tremendo
triste
parecia até que as garrafas estavam chorando
tomei três goles de solidão.
Fiquei o dia todo sem vontade pra nada


quando estou sozinho
apenas pareço sozinho
há tante gente dentro de mim


por curiosidade quis saber a última palavra do dicionário
descobri que dicionários não têm fim.
Edmir CARVALHO BEZERRA
Enviado por Edmir CARVALHO BEZERRA em 14/01/2006
Código do texto: T98873
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir CARVALHO BEZERRA
Belém - Pará - Brasil
55 textos (5346 leituras)
5 e-livros (14875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:42)
Edmir CARVALHO BEZERRA