Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

conto / frase – nua

despiu-se até ficar nua, abriu as pernas, abriu os braços à altura dos ombros; quando fechou os braços expirou lentamente o ar que tinha retido no peito, unindo as mãos à sua frente; mantendo os pés imóveis à largura dos ombros, rodou os braços noventa graus, as mãos agora unidas acima da cabeça; continuou os exercícios, integralmente nua (a ideia que me deu)
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 21/04/2005
Reeditado em 21/04/2005
Código do texto: T12348
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310491 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:31)
Francisco Coimbra