Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até o limite da ética

A frase “o meu direito termina onde começa o do próximo” é bastante conhecida, porém, poucos entendem a carga ética que está contida nela. Afinal, qual a influência da ética em nossas vidas? Políticos, governantes e profissionais de diversas áreas empregam o termo “ética” nos seus discursos (muitas vezes sem saber o seu real significado), a fim de impressionar os ouvintes. E na prática, será que eles agem de acordo com os valores que pregam?
Todo ser humano tem que adotar determinado tipo de conduta diante do mundo e da sociedade em que vive, aprendendo a ter seus próprios valores, segundo o que lhe é ensinado. Então, admitimos que a ética é um conjunto de normas e leis que regem o nosso comportamento e possibilitam a manutenção das relações interpessoais; quem não age de acordo com esses valores é considerado antiético.
Não nos ensinam que a postura ética depende das escolhas humanas, do ponto de vista que o ser humano assume diante de si e da sociedade. Talvez esse seja o grande erro. Por exemplo, a população brasileira vive indignada com escândalos de corrupção, mas sempre tenta encontrar um “jeitinho” para burlar regras ou escapar de obrigações. Infelizmente, esse jeitinho brasileiro já é um hábito, praticamente uma instituição moral. Enganamos a nós mesmos, pois essas atitudes que julgamos inocentes apenas revelam cumplicidade com a falta de ética dos nossos políticos.
É por isso que devemos repensar nossos conceitos, avaliando se ações condizem com idéias. Nem sempre os fins justificam os meios.
Joyce Amorim
Enviado por Joyce Amorim em 06/06/2006
Código do texto: T170654
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joyce Amorim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
141 textos (15415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:22)
Joyce Amorim