Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

D E S T I N O - Será que existe?

     
             Sempre que tenho oportunidade faço esta pergunta. As repostas variam. Entretanto, a maioria responde que sim. Plenamente normal que isto aconteça. A cultura popular, todos sabemos, não é a desejável. Depois, além do aspecto cultural, é preciso levar em conta a convicção religiosa de cada um. Dizer SIM  ou dizer  NÃO parece ser a afirmação ou negação dos princípios religiosos em que fomos educados. Será mesmo assim?  Ou seria confusão de conceituação? Assunto sério e controvertido. Cada um tem a sua convicção e merece respeitada.
            Quanto a mim, afirmo que não existe DESTINO. Afirmar o contrário seria negar a maior prerrogativa que Deus deu ao Ser Humano e que o distingue entre todos os outros animais: LIVRE ARBÍTRIO. Quando Deus criou o HOMEM o fez à Sua imagem e semelhança, conforme nos ensinam os Livros Sagrados. Deus deu ao Ser Humano a liberdade para escolher o seu próprio caminho, determinar e decidir suas próprias ações, assumindo a responsabilidade das conseqüências advindas da escolha feita.
             Quando alguém morre, seja morte natural ou acidental, ouvimos sempre aquela famosa e surrada frase: “ estava escrito “ - “ era a sua hora” – “ era o seu DESTINO”
              Não posso concordar com tais afirmações. Todos sabemos que todos os seres animais ( o ser humano é um deles) nascem, vivem durante um período biológico próprio de cada espécie e morrem no final desse mesmo período. É a morte denominada NATURAL.
              Quanto àqueles que tiveram morte acidental, sejam seres humanos ou não, suas vidas foram interrompidas por um acidente durante o percurso. Acidentes acontecem todos os dias. Estar ou não estar naquela hora e local é a questão.
               No meu entender, Deus seria profundamente injusto se determinasse quando e como cada um de nós deveria morrer.
                É o meu ponto de vista. Fica aberta a questão para questionamentos.

     
Narciso de Oliveira
Enviado por Narciso de Oliveira em 16/07/2006
Reeditado em 16/08/2010
Código do texto: T195232
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Narciso de Oliveira
Campinas - São Paulo - Brasil, 82 anos
50 textos (27780 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:20)
Narciso de Oliveira