Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Convite

Te convido a deslizar
ao longo deste sonhar.

Eu só queria contar
em palavras de emoção,
a plenitude e os vazios,
 que descobri ao rés-do-chão!

Só não sei dizer direito
o tanto dessa beleza,
dessa emoção no meu peito.

Parece-me tudo alheio
aos pulsares destas veias,
que insisto em ignorar.

Mas, há algo que me grita,
que me sussurra
e me agita,
sempre que a minha mão
 veste os dedos de emoção.

É coisa que me fatiga
 e que,ao mesmo tempo,intriga...

Serei outra ou sou a mesma,
que 'inda agora ,
logo há pouco,
entoava um canto rouco
no meio da escuridão?

Sou eu mesma ou serei outra,
que já ,já vai bater dente,
quando ouvir tua voz dolente,
a voz serena,voz quente,
 em meio ao sonho e paixão?

Na verdade e na vontade,
eu quero mesmo é dizer
que ,se amanhã aparecer
um jeito de te contar,
vou lá sem pestanejar.

Porque o que eu sinto e preciso,
o que eu não nego ou controlo,
é fazer de meus pés asas,
que me levem ao teu colo.

O que eu não quero,
não posso
 e jamais vou aceitar,
é o coração palpitar
em sonho vago e distante,
como um eremita errante,
como se não fosse o nosso.
Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 30/07/2006
Código do texto: T205337
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13425 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:43)
Zully Oney Teijeiro Pontet