CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Desenvolvimento Sustentável - Um desafio da população: perspectivas ambientais,sociais e econômicas

Acredito que Educação Ambiental seja um processo por meio do qual as pessoas aprendam como funciona o ambiente, como dependemos dele, como o afetamos e como promovermos a sua sustentabilidade, devemos adquirir mudanças em comportamentos e estilos de vida, para disseminar conhecimentos, desenvolver habilidades e atitudes corretas na preparação da mentalidade e conscientização das pessoas, para suportar mudanças rumo à sustentabilidade em relação à problemática ambiental que o mundo enfrenta atualmente. Com a finalidade de proporcionar a todas as pessoas a possibilidade de adquirir os conhecimentos, os sentidos dos valores, o interesse ativo e as atitudes necessárias para protegerem e melhorarem o meio ambiente, induzindo novas formas de conduta nos indivíduos e na sociedade cobrando uma maior participação dos mesmos em luta constante para preservar os recursos naturais, usando-os de forma correta e equilibrada, assim teremos uma sociedade mais justa e uma educação relacionada ao ambiente de forma ‘conscientizadora’.
Para que a proposta de desenvolvimento sustentável torne-se viável, é preciso promover mudanças nos hábitos de consumo e, ao mesmo tempo, reduzir as diferenças sociais. O conceito de “consumo sustentável”, formulado em 1995, é uma tentativa de viabilizar essas mudanças. Consumo e desenvolvimento sustentáveis são faces duas correntes integradas, portanto, do ponto de vista ambiental, é necessário reaprender a consumir. Modificações nos hábitos de consumo são, portanto, imprescindíveis para evitar o desperdício. No cálculo do desperdício, devem ser considerados o consumo de água, de energia elétrica e de todas as demais fontes de energia. Além disso, o consumo deve restringir-se ao que for importante, ao que tiver qualidade e garantia de que sua produção não deteriorou o meio ambiente.
Acredita-se que o Desenvolvimento Sustentável seja a forma mais viável de sairmos da miséria, exclusão socioeconômica e degradação ambiental. A maior parte da sociedade humana vive como se fosse à última geração. A Educação Ambiental deve favorecer os processos que permitam que os indivíduos e os grupos sociais ampliem a sua percepção e internalizem, conscientemente, a necessidade de mudanças. A maior parte dos sintomas de degradação ambiental representa efeitos de tomadas de decisões políticas erradas, controversas e afastadas dos interesses comuns da comunidade. Normalmente favorecem um pequeno grupo de pessoas em detrimento da degradação do ambiente, que vai afetar a qualidade de vida de um grande número de pessoas.  Essa é a norma em que quase todo mundo e que o novo paradigma do Desenvolvimento Sustentável busca corrigir. A Educação Ambiental, como promotora do Desenvolvimento Sustentável, deverá proporcionar os meios (conhecimentos, habilidades, atitudes, etc.) através dos quais as pessoas possam reagir e tomar decisões acertadas em prol da melhoria e manutenção da qualidade ambiental, patrimônio de todos.

Wagner Honorato
Enviado por Wagner Honorato em 18/04/2010
Reeditado em 04/05/2011
Código do texto: T2203661

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor:Juan Wagner Honorato). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Wagner Honorato
Coromandel - Minas Gerais - Brasil
831 textos (30806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/04/14 05:11)