Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia

Um dia, achei que a felicidade fosse pra todos.
Na minha ingenuidade de adolescente, julguei poder possuir o mundo. Ser grande... Ser dona de meu nariz e da vida! Ser invencível sempre. Pois esse é o sonho e a vontade de todo adolescente.
Podia quem quisesse  dizer o que queria... podia quem quisesse apontar os meuss erros, que achava que nunca errava, que estava no caminho certo, embora muitas das vezes o erro seja evidente, um adolescente nunca dá o braço a torcer.
Mas como tudo, a adolescência passa, mas suas marcas não.
Os problemas surgem... Responsabilidades... Falta de tempo... E o mundo não pára, como achávamos antes: que ele se curvaria a nossos desejos.
Não somos livres nunca! Tola ilusão! Somos pra sempre escravos de alguma coisa: do mundo... dos outros... de nós próprios.
E a felicidade? Parece que quanto mais caminhamos para ela, mas distância ela toma, mas longe ela fica...
A cada desilusão, a cada tombo, a cada derrota... parece que a felicidade se distancia mais e mais.
A vida vai passando... nós vamos passando por ela! E a cada dia, a cada passo, parece que mais complicados e difíceis ficam os acertos!
Hoje a adolescência vai distância... os sonhos e os sorrisos também, a vida segue, e como não se pode parar, sigo com ela... caminhando, tropeçando, caindo, levantando... Já não tenho mais a alegria de adolescente, mas a experiência das dificuldades pelas que passei (e não foram poucas). Minha bagagem é imensa, pesada.
Sorrir? Ser feliz? Sei não... É coisa de adolescente! Preciso aproveitar oportunidades, sem perspectivas, pois a vida não é feita de ilusões, mas de realidades, e quanto menos sonhos, menos decepções!
E ser decepcionada não quero mais!
Cláudia Marques
Enviado por Cláudia Marques em 20/08/2006
Código do texto: T220939

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Marques
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 42 anos
232 textos (153546 leituras)
2 e-livros (107 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:45)
Cláudia Marques