Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA ESQUINA


   Era noite e as estrelas brilhavam cintilantes no céu.   Enquanto a luz da lua iluminava o mundo. Caminhava tranquilamente pela calçada chutando uma latinha de refrigerante.
    Longe em meu pensamento, meu corpo parecia vagar no tempo e no espaço. Rumava despreocupadamente e estava seguro do fim da rua. Já tinha caminhado um bom pedaço pois fazia uns vinte minutos que tinha saido da casa de um amigo onde ao som agradável do toca-disco, saboreávamos uns petiscos do mar e conversávamos sobre nossas aventuras amorosas.
         Minha alma volta ao presente, onde aqui na rua só alguns carros. Ninguém ou quase ninguém à vista.
         Estava bem longe,talves tivesse cruzado alguns quarteirões e estava pronto para dobrar a esquina, quando de súbito um susto. Olhei para o outro lado da rua, fui forçado a presenciar um fato, uma cena pavorosa e degradante.
         Não pude continuar. Poucas vezes consigo lembrar e hoje é uma destas datas raras. Na outra calçada um jovem da minha idade estava tombado no chão. Havia no peito três feridas crivadas de bala. Dois tiros no peito e um no coração.
        O assassino fugira e eu sem saber o que fazer ajoelhei-me ao lado da vítima e comecei a rezar: Pai Nosso que está no céu....
     
(http://afonsoecris.ubbihp.com.br)
(http://massajovem.zip.net)
Afonso Silva
Enviado por Afonso Silva em 17/10/2006
Código do texto: T266463

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Afonso Silva
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
402 textos (141708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:16)
Afonso Silva