Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monções



O cinzento do céu amanheceu-me!...

Vagueio pelos vítreos corredores, e vejo que, do outro lado, a chuva açoita as goteiras, o musgo dos telhados, e os ninhos abandonados nos galhos frágeis de algumas árvores.

Pinga lá fora, encharcando as valas comuns da terra solitária, desértica.
Chegou a época das chuvas!

Pinga lá fora, pensava. Soturna, acariciei os rendilhados da noite invernal, e sorri ao pensar que, dentro, os dias também pingavam, pascácios.

Urge reparar as goteiras escalavradas...

Resolvi o problema das goteiras, mas os dias continuam pingando... padecentes e delavantes.
Cristina Pires
Enviado por Cristina Pires em 23/06/2005
Código do texto: T27097

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cristina Pires
França, 51 anos
87 textos (6700 leituras)
1 áudios (37 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:31)
Cristina Pires