Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indicativo e Subjuntivo

Neste trajeto de vida alinhavado pela agulha do meu tempo e costurado pelas mãos dos meus sentires mais profundos,me executo.
E reviso, em ir-e-vir constante, as dúvidas imensas do projeto que eu sou.

Renovam-me as incertezas.

A minha brutal imperfeição abre portas à novidade nas minhas coisas mais internas.Sou uma evadida diária de mim mesma e faço-me invadir por outras tantas ,que também eu sou.
Repleta de opções,eu nunca tenho escolha:acabo preferindo incertamente ser quem sou.

Eu sempre saio de mim pra me percorrer sem encontros marcados.
Acabo encontrando outras em mim e sempre me vejo nelas.Todas essas,que atordoam-me os ouvidos,atropelam-me  as idéias,mas me salvam.

Apenas existir, nessa infinita convalescença das horas,pra descobrir a quem pertence esse sorriso ou esse pranto -que me espera daqui a pouco,a cada volta de esquina- ,deve ser um bom projeto,afinal.

Pra que eu seja sempre eu ,eu preciso vir a ser.


(Texto para o meu aniversário de 49 anos hoje.)

Zully Oney Teijeiro Pontet
Enviado por Zully Oney Teijeiro Pontet em 19/11/2006
Reeditado em 19/11/2006
Código do texto: T295220
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zully Oney Teijeiro Pontet
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
219 textos (13424 leituras)
1 áudios (112 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:42)
Zully Oney Teijeiro Pontet