Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cachorro X ser humano...

    Tenho visto todos os dias o caso do cachorro que a mulher matou diante da filha ocupar espaços cada vez maiores no noticiário jornalístico do país e vi apenas dois jornais noticiarem uma única fez o caso do pai de família, do esposo agora ausente que morreu a poucos metros do hospital, onde a ordem era NÃO ATENDER.
    Eu me pergunto onde está a nossa humanidade? Parece que amamos mais os bichos que a nós mesmos, conviver com o ser humano exige sacrifícios, inteligência emocional, sabedoria, paciência para educar e transformar, parece que estamos desistindo de amar os nossos semelhantes para amarmos integralmente aqueles que não discutem, que não nos questionam, e que aceitam nos amar por um pratinho de comida e uns afagos quando desejamos dar.
    Neste natal o meu amor fraternal anda também adoecido, eu não compreendo como que os irmãos em grande missão no PODER JUDICIARIO se abstêm de julgar em defesa dos cidadãos que morrem em meu estado; como o SUPREMO decide que os juízes NÃO PODEM MAIS SEREM INVESTIGADOS; como eles podem se omitirem nos excessos produzidos pelo EXECUTIVO; os aumentos imorais ocorridos no PODER EXECUTIVO nos últimos dias (126% em Campinas, só pra lembrar um abuso), o caso não resolvido pelo Judiciário – os 7% dos aeroviários,... entre tantos outros.
    Mobilizamos força e energia em defesa de um cachorro, encontramos defensores no Brasil inteiro e fora dele pelas REDES SOCIAIS e não encontramos o menor indício de SOLIDARIEDADE pelas dores do outro, e com causadores conhecidos: OS POLITICOS E OS MEMBROS DO JUDICIARIO DESSA NAÇÃO!
    Em Minas o povo sofre com as chuvas – por causa da ausência de políticas publicas inteligentes; aqui em meu estado o povo morre a mingua nos hospitais (depósitos de seres humanos); ali o povo morre de fome; mais ali o nosso dinheiro é distribuído em beneficio de meia dúzia, com nome e sobrenome: POLITICOS ELEITOS POR NÓS!
    Sempre em minhas preces diárias peço a Deus para que esses irmãos que amo muito pouco acordem para as suas responsabilidades; mas acho que ando fazendo o pedido errado, devo pedir a Deus que acorde em nós a NOSSA HUMANIDADE PERDIDA, não acham?
    Desculpem o azedume, mas vejo tantas mazelas que poderiam ser evitadas se nos lembrássemos que todos nós assumimos um COMPROMISSO com o PAI ao nascermos.
    Repasse a cada político ou membro do judiciário que você conheça quem sabe não será você quem vai despertar esse IRMÃO que dorme enquanto a vida passa?
                                                 Um imenso abraço fraterno!

Luciana Monteiro
Enviado por Luciana Monteiro em 20/12/2011
Código do texto: T3398172
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Monteiro
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil, 42 anos
1804 textos (73553 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/14 08:22)
Luciana Monteiro



Rádio Poética