CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

A vida moderna - Dissertação


Quem diria que a modernidade viria da ficção científica que costumamos ver muito nos livros literários, na histórias em quadrinhos e nos mais diversos filmes e animes?
As guerras também impulsionou e muito os avanços tecnológicos. A divisão das matéria em moléculas, o achado do átomo. Os acontecimentos últimos no mundo físico. O uso de ondas de rádio para envio de informações. Tudo isso cooperaram para a modernidade e uma vida cômoda. Mas se fosse só isso seria maravilhoso. Os resultados destes experimentos e o uso contínuo e sem responsabilidade de seu produto final ocasionam em toneladas de lixo tóxico no solo e na atmosfera provocando vários distúrbios no meio ambiente.
A vida moderna é repleta de informações, corre-se mais, tudo está em movimento constante, as refeições são feitas às pressas. Há inúmeras mortes por motivos de estresse, ataques cardíacos, colapsos nervosos entre outras mortes não registradas. Os carros ou qualquer outros tipo de transporte foi uma das melhores descobertas ou produções do ser humano que possibilita a melhor e mais rápida locomoção dos corpos, no entanto estes mesmos meios de transporte quando usados de modo irresponsável causa morte e acidentes.
Logo com a modernidade a vida ficou bem mais cômoda, o que dizer da internet, as descobertas na ciência que possibilita entre muitos os avanços evolucionários no tratamento e prevenção de várias doenças, mas com ela veio também muitos males tudo por causa da ganância desacerbada dos maus, daqueles que não se contentam com o que já tem e usa essas mesmas benesses tecnológicas para pisar outros. A vida moderna resume-se então a um paradoxo que existe desde o início do homem: sobrevivência e destruição.
José Wilker da Silva
Enviado por José Wilker da Silva em 13/05/2013
Código do texto: T4288902
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
José Wilker da Silva
Matriz de Camaragibe - Alagoas - Brasil, 31 anos
132 textos (4663 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/14 15:12)