Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noticias

Olha o Brasil está ganhando da Argentina, o placar é 6x1. A torcida toda eufórica grita: Olé,olé temos Pelé. E eu no banco da padaria engulo meu café frio. Nunca vi tantas palmas sem som. Assim na ausência dos fatos em minha volta, levantei, morrendo de medo de não sentir o chão. Perguntaram-me algo, sinceramente só enxerguei as bocas se abrindo e fechando. Restou-me apenas balançar a cabeça que sim, e um alivio paliativo de sentir meus pés tocarem o chão. Segui talvez pra frente ficou-me a duvida se pra traz.
Quis dizer que bebessem com moderação e voltassem á seus lares em paz. Mas minhas falas foram todas condenadas ao silencio.
Pressenti de maneira pujante que o poema de Bandeira, o resumo da vida de uma andorinha, o outro personagem era eu. Absolutamente só por meus segredos. Em um querer infinito de rasgar as verdades que a linha do tempo derramou sobre mim.
Os fogos estão postos e eu me distancio no espaço vasto do mar. Antes devo dizer: não posso lhe contar o placar final, ou do próximo jogo seja qual for. A razão disso, simples, o mar já me ganhou e suas águas me encobrem e o segundo tempo agora que começou. O jornal de amanha terá o placa,só não sei se também terá noticias de meu corpo que o mar se responsabilizou de
afunda-lo
Jane Krist Coffee
Enviado por Jane Krist Coffee em 29/09/2005
Código do texto: T54817

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jane Krist Coffee). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jane Krist Coffee
São Paulo - São Paulo - Brasil
503 textos (67736 leituras)
1 e-livros (1205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:55)
Jane Krist Coffee