Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 

                                                      QUARESMEIRAS.

 As quaresmeiras são mesmo árvores muito diferentes, admiráveis. Contemplá-las nos leva a divagar sobre poderes e valores que consistente ou vagamente norteiam nossas vidas.
 Na imensidão verde da mata, elas destacam suas flores em vermelho e branco quebrando a hegemonia. Clara tentativa de neutralizar paradigmas de igualdade criados pela maioria que por assim ser pré julgam como correto.
 A igualdade concreta essa que se pode ver, a que exige esforços para manter o igual,  quando não conquista e arrebanha  condena ao ostracismo, coíbe iniciativas.
Já a abstrata, proveniente  de sentimento consciente é como a natureza, clama por diversidade, por iniciativas individuais ou de grupos, é generosa e humilde a ponto de aceitar toda e qualquer ação de liberdade, ou que conduza a liberdade.
 Na natureza a liberdade é total, a norma é o equilíbrio. Quando algum reino ignora essa norma provoca mudanças irreversíveis. Sob o preceito da igualdade, muitos locais, espécies e  volumes são manipulados, e a tranqüila rotina é quebrada. As conseqüências são inúmeras, um exemplo é as Quaresmeiras que estão florescendo já no mês de novembro, aqui no sul do hemisfério sul, elas já perderam sua identidade. Outras espécies como a Acácia que já serviu historicamente, hoje são apenas talhões de igualdade de  matéria prima.
 A consciência das diferentes igualdades conduz naturalmente a liberdade, e essa  é a condição de vida que está intrínseca em cada ser. É tão sublime, tão maior que se torna caminho obrigatório para a fraternidade, é também elo de ligação entre igualdade e fraternidade, formando a tríade que rege o mundo com seus reinos conhecidos, animal, vegetal e mineral que povoam esse mundo.
 Vejo a Quaresmeira em meio à mata junto ás outras árvores, muito feliz com suas cores demonstrando a diversidade, sem perder a igualdade. Vejo a brotando em meio ao terreno rochoso junto aos minerais, demonstrando sua liberdade, por fim a vejo à beira da estrada junto aos animais, servindo como irmã sem nenhuma distinção. 
 Todos sabemos não haver vida sem harmonia nos três reinos. Iniciados sabem não haver justiça nem perfeição sem consciência de igualdade, liberdade e fraternidade.
 A Quaresmeira inicialmente tinha por missão, tornar florido e alegre um período triste no planeta terra,  mas vitimou-se nos conceitos de igualdade, mas não se perdeu não,  pois tem e preserva em suas flores três pétalas brancas e três pétalas
vermelhas.


                                                                                      Paulo C.Rozeto

Que apesar de ter partido, continua vivo em nossos corações. 
RoseRolim
Enviado por RoseRolim em 22/08/2007
Reeditado em 01/12/2010
Código do texto: T619184

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
RoseRolim
Manaus - Amazonas - Brasil, 71 anos
72 textos (5357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/17 11:50)