Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Isso é mais um desabafo!

Tenho andado meio dispersa, não de mim mesma, nem de minhas convicções, mas da sociedade.

Tenho repensado meus instintos e minhas desventuras, tenho me enganado e enganado muitas pessoas sobre mim mesma. Tenho acreditado mais nas opiniões dos outros que nas minhas, tenho me desinibido de ilusões e percebido a vida tal qual como ela é.

Não gosto do que vejo sobre mim! As pessoas me perguntam sobre meus descontroles e minha alteração no humor, e tudo o que posso responder, é que eu sei que isso, essa fase, vai passar quando eu reencontrar o sentido da vida, ou quando eu me iludir novamente.

Quando me pego pensando nessas entrelinhas, percebo que toda fase de transição traz certos desconfortos e todo desconforto traz a transformação. Até costumo brincar dizendo: “Estou em fase de transição e, assim como o feudalismo, preciso passar por uma crise para que haja um novo sistema.” Historiando é foda!

Enfim, tenho andado dispersa, não de minhas convicções, ou de mim mesma, mas das coisas que não me servem mais, e que precisam ser jogadas fora para que eu consiga reencontrar o meu sentido de poeta e a minha essência de vida, para que no futuro haja PAZ...

(Angélica Campidelli)
Anja do tempo
Enviado por Anja do tempo em 20/11/2007
Código do texto: T744657

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anja do tempo
Coronel Fabriciano - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
250 textos (42434 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:44)