Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRATAMENTO FITOTERÁPICO

A fitoterapia é o estudo das plantas medicinais e suas aplicações na cura de doenças. Ela combina os ensinamentos do oriente com as tradições indígenas e remédios populares, complementados pela pesquisa científica moderna.

Na China, surgiram os primeiros registros da fitoterapia em 3000 A.C., quando o imperador Cho- Chin- Kei descreveu as propriedades do ginseng e da cânfora.

Uma das vantagens da utilização da Fitoterapia, é a possibilidade de se utilizar uma única erva para tratar diferentes males ao mesmo tempo.

É muito importante conhecer cada detalhe da planta a ser utilizada, e saber a quantidade necessária para cada individuo e segundo sua enfermidade; já que às vezes, diferentes partes de uma mesma planta servem para tratar diferentes males, além de existirem ervas tóxicas e combinações de ervas que não são aconselhadas.

As diferentes maneiras de preparo de plantas medicinais são: cataplasmas, xaropes, ungüentos, infusões (chás), sucos, compressas, banhos e cápsulas. Uma vez conhecendo as plantas e sabendo prepará-las, pode-se aplicar a Fitoterapia em casa.
Existe várias formas de se beneficiar com o tratamento fititerápico:
Formas de aplicação:

Banho

Ervas podem ser adicionadas ao banho, tratando o corpo como um todo, ou apenas os pés e o rosto.

Se você está usando ervas frescas, faça uma pequena bolsa com gaze ou tecido parecido, que permita que a essência da erva se dilua na água. Para um banho de banheira, use aproximadamente 20 gramas da erva.

Durante o banho, aperte a bolsa suavemente e deixe o liquido escorrer diretamente sobre a área à ser tratada.

O banho também pode ser preparado anteriormente. Misture 6 colheres ( sopa) de ervas frescas ou secas em três xícaras de água fervente. Deixe esfriar naturalmente. Na manhã seguinte, esquente a mistura, coe e acrescente diretamente na água da banheira.

Compressa

A compressa é indicada no caso de feridas e contusões, tem um efeito mais brando que as cataplasmas e pode ser aplicada sobre a pele.

Umedeça um pano (algodão, linho, gase) bem macio, com a infusão ou decocto da erva adequada. O pano então é colocado, sobre a região afetada, e seguro por uma bandagem por 20 minutos pelo menos. As compressas podem ser quentes ou frias.

Cataplasma

A cataplasma é aplicada diretamente sobre a pele na região afetada. É aconselhado o uso de ervas frescas, mas também pode ser feita de mistura de ervas em pó com água fervente. As cataplasmas são indicadas para tratar hematomas, abcessos e ferimentos, drenando impurezas e aliviando a dor.

Ervas frescas- Coloque as ervas sobre um pano (algodão, gaze, linho). Enrole muito bem , passe sobre ele um rolo de macarrão várias vezes, até que se forme uma mistura pastosa. Aplique esta mistura no local desejado afixando o pano para que o suco e a pasta não escorram para outras partes do corpo.

Decocção

São usadas raízes, ramos, sementes ou cascas de plantas.

As ervas são cozidas em água, em panela adequada, durante aproximadamente 10 minutos, sem deixar ferver. Coe e beba na freqüência prescrita.

Pode ser guardado na geladeira por 3 dias.

Infusão (chá)

São feitos de ervas, principalmente folhas e flores, secas, ou em alguns casos, frescas . No preparo, recomenda-se água filtrada e recipientes de esmalte, barro, vidro ou louça, já que as panelas de alumínio, ferro e estanho liberam substâncias que alteram o princípio ativo da erva.

Sempre por primeiro a erva na xícara (saquinhos) ou bule ( ervas a granel), e depois verter a água quente. Do contrário perde-se o impacto do líquido sobre a erva, diminuindo o aroma e sabor. Coe e beba.

Inalação

A inalação herbal é muito indicada no tratamento de males respiratórios, descongestionando e ajudando na respiração. É também um ótimo expectorante. Coloque um punhado de ervas, secas ou frescas, em uma panela de ampla superfície, mas não muito alta. Adicione água e leve a mistura ao fogo. Assim que ferver, reduza o fogo e abafe por cinco minutos. Cubra a cabeça com uma toalha, formando uma tenda e se aproxime da panela. Inale este vapor por 5 minutos.

Suco

Lave muito bem as ervas e plantas com água fria. Se necessário, pique- as em partes mais fáceis de serem manuseadas. Bata no liqüidificador ou centrífuga. Dependendo da planta, esse líquido pode ser utilizado diluído na água, puro ou em gotas no chá.

Geralmente, esse suco deve ser ingerido imediatamente, mas se colocado em um recipiente fechado e refrigerado, poderá ter sua duração aumentada sem que sem uma grande perda de suas propriedades vitais.

Tintura

As tinturas são feitas com o álcool, que preserva as propriedades ativas das plantas. Geralmente são usadas em gotas, nas infusões e compressas.

Para preparar sua tintura em casa, coloque as partes de ervas trituradas, frescas ou não (25grs), em um recipiente previamente esterilizado que possa ser fechado hermeticamente. Adicione alguma bebida alcoólica como Vodka ou álcool de cereais (600ml), para cobrir as ervas. Deixe a mistura em recipiente fechado por 2 semanas aproximadamente, sem o contato da luz. Agite o frasco uma vez por dia pelo menos, enquanto segue a maturação. Coe o líquido em coador de pano e guarde em recipiente escuro hermeticamente fechado.

Xarope

O preparo é parecido com o da tintura, mas as quantidades utilizadas são diferentes.

Coloque as ervas (40grs para adultos e 20grs para crianças) trituradas, em um recipiente de vidro com tampa hermética. Adicione alguma bebida alcoólica , como álcool de cereais ou Vodka (100ml), para cobrir as ervas. Deixe esta mistura em recipiente fechado por 10 dias, sem o contato da luz. Agite o frasco todos os dias, enquanto aguarda a mistura maturar. Coe o líquido em coador de pano, adicione mel ( 5 partes de mel para 1 de líquido), e misture bem. Deixe descansar por 2 a 3 horas, podendo ser ingerido a seguir.

Ungüento

É uma preparação gordurosa. Utilize o processo do banho-maria. Faça uma infusão bem forte, fervendo as partes da planta, frescas ou secas. Como uma alternativa, use 80 a 120 gotas de tintura herbal. Acrescente então, um pouco de óleo de oliva ou girassol e deixe a água ser absorvida pela mistura. Adicione cera de abelhas ou manteiga de cacau, até obter uma consistência cremosa. A mistura deve ser guardada na geladeira em um recipiente de vidro.
nova era
Enviado por nova era em 06/05/2005
Código do texto: T15220
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nova era
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil
31 textos (46381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:18)
nova era