Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sonho

tenho saudades do mar, das pequenas partilhas e cumplicidades. das que perduram e não de abstracções fugazes, que logo se esvaem como areia por entre os dedos.

são tão frias as pessoas. agarram-se a momentos de puro tesão como se a vida, a amizade, o amor fosse uma descarga meramente sexual. onde param os sonhadores? os sensíveis?

custa-me abordar o meu eu porque posso ser interpretada como uma egocêntrica. não o sou. apenas sinto. apenas olho para a natureza, o ser humano, com a dignidade que lhe é legitima.

porque uma flor só é bela enraizada na terra que a alimenta. porque uma pedra apanhada junto ao mar ou no rio pode ser a nossa mais sincera companhia.

falta sonhar. sonhar com o que é belo. uma beleza interior, surrealista, única. não meros fragmentos de um dia, de uma vida.

onde vive os forasteiros, os guerrilheiros que lutam uma vida inteira, tal qual d. quixote com a lança erguida a moinhos de vento?
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 07/05/2005
Código do texto: T15372
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 44 anos
114 textos (10364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:51)
lunapensativa