Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...

como foi bom sentir que amava pela primeira vez e ao amar sucedeu saber que também tinha pensamento próprio. era pequena e frágil como uma flor. grande e forte como um leão e um dia – outro dia aliás – roubaram-me essa certeza que é certeza contida. quebraram a magia de ser pequena frágil grande e forte. extorquiram-me o cérebro o coração os pulmões os olhos a boca e os dedos das mãos e deixei de existir e passei a existir para os outros. sinto ironia em cada palavra que escrevo porque enganei-os bem. ainda penso e ainda sinto.
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 10/05/2005
Código do texto: T16027
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 44 anos
114 textos (10364 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:22)
lunapensativa