Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre aquelas meninas....

Tinha sido até indicação de alguém, muito conhecido, a leitura de um pequeno texto que falava de algumas meninas..... fiquei curioso, não minto.... pois já sabia mais ou menos de que se tratava.... mesmo assim para averiguar fui até o endereço indicado.... mas não pude apreciar o seu escrito não sei por qual motivo.....
Mesmo assim, faço aqui uma pequena referência a esse texto, mesmo supondo quais seriam os argumentos usados pelo seu autor.... então vamos lá....
Creio que começa assim: "era uma vez três meninas muito amigas, cada uma com seu próprio estilo: a mais velha, a prudente e intelectual; a do meio, fashion e modelista; e a última, ingênua e pacata, com certa dose de religiosidade...  e que estudaram juntas na faculdade e que depois de viverem bons carnavais pela Veneza brasileira em busca de aventuras e paixões; de se tornarem íntimas, ao ponto de saberem os segredos de cada uma, claro que com certa reserva e porque não...; de sentarem à mesa de alguns barzinhos; de partilharem momentos de alegria como sua formatura, de alguns aniversários fashions e estilosos.... enfim, depois de viverem alegres momentos, separaram-se...."
Na certa o olhar ferrenho desse escritor, não conteve juízos equivocados em relação a essas meninas.... Dizer que a amizade pode ser comparada a algo que se força o seu encontro, que deve acontecer a qualquer preço... é crucial dentro de um relacionamento amigável...
Pelo contrário, a amizade entre as pessoas nasce e amadurece de forma natural, sem imposições e condições unilaterias... a amizade é casual, é espontânea.... e às vezes corremos o risco de fazer julgamentos errados em relação aos nossos amigos... é lamentável....
Creio que a persistência das outras amigas continuará... como sempre... encontrando-se sempre que possível, tomando um bom vinho como era habitual entre as três, partilhando suas experiências profissionais, afetivas...
O único mal entendido é pensar que as meninas não se importam entre si, que fazem pouco caso pela amizade que construíram ao longo desses anos, que cada uma vive egoísticamente sem pensar nas demais, que são pouco verdadeiras e assim por diante...
Espera-se ainda a volta da outra menina para o convívio das duas outras... apesar de ser algo distante tudo isso, devido à idiossincrasia de nossa menina mais velha...
Por que agir assim  nesse plano, uma vez que iremos um dia e obrigatoriamente deixaremos o convívio dos que queremos bem aqui.... devemos aproveitar o máximo estar com aqueles que nos são caros.... creio...
Resta-me colocar aqui o apreço e estima pelas outras duas meninas que trago comigo.... minhas saudações cordiais a elas.... ainda desejo-lhes muito bem....
André Ícarus
Enviado por André Ícarus em 10/11/2005
Código do texto: T69512
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Ícarus
Recife - Pernambuco - Brasil, 38 anos
197 textos (20703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:26)
André Ícarus