Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pink Floyd - Wish You Were Here

Se existem bandas que marcam suas garras profundamente nas entranhas da história da música, uma dessas bandas é o Pink Floyd.Entre 10 bandas boas, pelo menos 9 tem influência desse monstro sagrado.O nome da banda vem de dois blues-man que Syd Barrett era fã,junção de Pink Anderson e Floyd Council (Dipper Boy).Syd nomeou a banda com o nome de um dos discos da dupla, The Pink Floyd Sound, mais tarde abreviado para Pink Floyd. Por pouco eles não se chamaram de "Anderson Council" ou "Megadeath"(que nos remete a alguém,não acham?).

Eu costumo dizer que minha "escolarização" musical se deve a 4 discos aos quais eu cresci ouvindo.São esses o Sabbath Blood Sabbath do Black Sabbath, IV do Led Zeppelin, Made in Japan do Deep Purple e o dito cujo Wish You Were Here, do Pink Floyd.Álbuns que marcaram a minha infância durante muito tempo.O Wish You Were Here foi a primeira coisa que eu ouvi do Pink Floyd, e logo na primeira vez que ouvi Shine on You Crazy Diamond, eu pirei totalmente.E até hoje estou pirado, como podem ver.Acho que não exista ninguém que visite esse blog e não conheça Pink Floyd, pois creio que não são leigos.O Pink Floyd em 1975 estava lucrando com o sucesso absoluto de The Dark Side of the Moon, e a pressão psicológica em fazer um trabalho de igual consolidação resultou no que veremos hoje, Wish You Were Here.

É ela.Um dos maiores épicos do rock progressivo.Você logo começa a sua viagem ao sub-consciente de Gilmour,Waters,Wright e Mason.A música começa com efeitos de sintetizador, e uma melodiosa guitarra figura nos nossos ouvidos.Influência nata do blues, vemos um verdadeiro solo de guitarra bem executado.Não é que nem subir e descer Sol Maior e Dó Maior como fazem certos grupos famosos...
É ter sentimento.A alma da música.É o inconsciente coletivo pregado por Jung que figura.A melodia central da música universal.Então figuram a cozinha da banda, para dar lugar aos soberbos teclados de Wright, que figuram em destaque por um momento.Depois volta a famosa guitarra potente e grandiosa de David Gilmour.Fique de olhos fechados ouvindo isso no volume máximo.Você sente que está viajando, bem longe dos problemas desse mundo caduco, além do horizonte, sobrevoando os mais remotos e belos lugares do nosso planeta.Está sentindo uma plenitude densa.Agora aparece aquele tão famoso riff principal...tan,dan,dan,dannn...
"Remember when you were young, you shine like the sun..."
"SHINE ON, YOU CRAZY DIAMOND!!!" Brilhe,seu diamante louco!
Brilhe, Syd Barrett.Sim,essa música foi feita em homenagem ao homem,ao mito,a lenda,ao mártir.Simplesmente linda.Refrão fantástico e marcante.Brilhe,seu diamante louco,Brilhe.A sua alma está em um lugar muito distante disso tudo.Você está sobrevoando um céu muito além da imaginação.Um belíssimo saxofone ajuda nesta viagem, solando orgasmaticamente.É uma brincadeira com as notas musicais.Shine On You Crazy Diamond é uma grande suíte, resultante em um intenso trabalho em grupo, em uma união constante.É o sentimento absoluto...a famosa Grande Obra alquímica.
"Shine On You Crazy Diamond" é uma das maiores músicas da história do rock, ao lado de nomes como Stairway to Heaven, Child in Time, Paranoid, Eleanor Rigby, Like a Rolling Stone entre outras.Mito.

Uma caixa registradora figura densamente no começo.Justamente com isso o que pode ou parece ser uma remota zoada de helicóptero, possível alusão a guerra do Vietnã, ou apenas imaginário da minha mente.Então entra um violão na música, figurando junto com os famosos sintetizadores."Welcome my son, welcome to the machine".Crítica alusória as maquinações que a mídia usa para governar o povo junto com ridículos tiranos, a famosa política do Panis et Circenses.O violão no fundo com os sintetizadores utilizados por Wright figuram em toda a parte musical da música, funcionando como arranjos incríveis.A letra ainda diz "Comprou uma guitarra/Para punir sua mãe/E não gostava de ir à escola/E você sabe que não é bobo de ninguém/Então, bem-vindo à máquina" que pode ser interpretado como a rotina de muitos adolescentes que passam por problemas.Welcome to the machine ainda fecha com várias pessoas rindo e se divertindo, possível alusão a sociedade dominada pelo pão e circo.

"Have a Cigar" começa com bastante groove comandado pelo contra-baixo de Roger Waters, e logo figura um dos mais clássicos riffs do Rock Progressivo utilizado com a ajuda de sintetizadores.A música tem nos vocais um cantor underground chamado Roy Harper.A música tem um andamento à la blues misturado com o tradicional rock do Pink Floyd.Have a Cigar faz crítica ao terrível mercado fonográfico, como podemos ver em partes como "if we all pull together as a team/ And did we tell you the name of the game, boy? /We call it /Riding the Gravy Train".Mais uma vez David Gilmour faz um grandioso solo de guitarra, melodias intensas.Sua mente retorna a este submundo fantástico.Have a Cigar é uma grande música, não muito executada, mas não perde o mérito.

Então começa a talvez mais famosa balada do Pink Floyd, com a clássica introdução de violão, para depois entrar outro violão e fazerem um famoso dueto."So, So you think to tell, heaven from hell,blue skies from pain,can you tell a green field,from a cold steel rail? a smile from a veil? do you think you can tell?".Impossível não memorizar essa sequência demasiada linda.Wish You Were Here é uma das baladas mais tocadas em rodas de violão ao redor do globo terrestre, não que seja uma coisa ruim.A música é linda, a sua simplicidade a torna linda.Mas não vá achar que é tão simples assim,não.Mais uma vez Gilmour constrói um solo lindo e perfeito.Puro sentimento.Esse é o inconsciente floydiano.Grande música.Grande banda.
How,How wish you were here...

Agora pra finalizar o álbum, vem a grandiosa novamente.Shine on You Crazy Diamond parts 6-9.A música começa com um barulho de vento, e logo figura o baixo de Roger Waters , para demois entrar meio tímida a bateria de Nick Mason.Os teclados de Rick Wright junto com sintetizadores não podem ficar de fora é claro,e a música vira uma agradável mescla sonora aliada a remotas notas da guitarra de David Gilmour.Então a guitarra entra de vez na peça.A banda fica remontoando loucamente.Denovo retornamos ao universo do inconsciente floydiano.Feche os olhos,apenas ouça a música como estou fazendo.Detalhe que estou digitando sem abrir os olhos, e ainda por cima com o monitor desligado.Sim, é uma viagem pura.É uma sintonia do universo do nosso querido pink floyd...distorções fantásticas de guitarra nos assolam frenéticamente até chegar um ponto em que só a melodiosa guitarra de David Gilmour toca as notas vocais do refrão da música.Depois entra a letra e...
SHINE ONNNNN,YOU CRAZY DIAMONDDD...
SHINE OOOONN YOU CRAZY DIAMOONNNDD !!!
Viagem pura é a definição que dou para o que sinto agora.Uma sensação sublime me assola.As notas se tornam objetos mágicos de prazer.Meu corpo se congela.Fico condensando as fantasias musicais da música.Teclado figurando com uma leve cozinha, com mais uma vez um grande baixo marcando a presença.A música está agradável.Estou voando alto.Estou sobrevoando o Oceano Atlântico nesse momento.Meu espírito está deixando Salvador, e indo além do mar...estou chegando num lugar bonito.É a enseada da Irlanda.Me coloco em um canto da bela campina irlandesa, e estou em volta de espíritos dos celtas.Eles me saúdam e eu a eles.Tudo isso transcorrendo ao longo da música floydiana.Eu me despeço deles,e me encaminho para o sul...estou em Santiago de Compostela.Vejo belos espíritos flamencos.Belas mulheres dançando em volta de uma fogueira entonando suas castanholas ao som dem uma densa melodia latina de violão.São milhares de música ao mesmo tempo.Estou agora indo mais a leste...passo pela Rússia, pela China, pelo Japão, pela Coréia, pela Índia.Passo pelos frios desertos africanos durante a noite e estou retornando para Salvador...a viagem acabou ao longo desses 44:24 min.

Isso se chama Pink Floyd.
10 é pouco para o que um trabalho como esse merece.
Stalker
Enviado por Stalker em 21/11/2005
Código do texto: T74141
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stalker
Salvador - Bahia - Brasil, 116 anos
46 textos (5131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:48)
Stalker