Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Professora de Piano (La Pianiste, 2001, Michael Haneke)

A Professora de Piano -
          Na verdade eu achei esse filme muito ruim. E saí do cinema prometendo nunca mais assistir a um filme de Michael Haneke. Mas parando depois para refletir achei que o filme não era tão horrível assim. Eu que não tinha me encaixado bem no espírito dele.
          Michael tem um estilo de filmar seco. Real. Sem escrúpulos. Talvez por isso que não tenha me identificado muito com o filme. Estamos acostumados a ver filmes fantasiosos e coisas de outro mundo. A Professora de Piano é justamente ao contrário. Com pouca movimentação de câmera e com ângulos bem formais o filme é mostrado como um pedaço da vida normal. É um filme de pessoas normais para pessoas normais se aventurando em caminhos como amor, paixão e sofrimento.
          O filme trata de uma professora de piano que mora em Viena e é tão formal que desconta suas frustrações em pornografia e mutilações tirando as duras represálias que faz aos alunos, os quais trata com total agressividade formal.
          Em própria entrevista Michael falou que buscou o enfoque na cultura européia e não sabe se isso era aceitável em outras culturas. Acho eu que como a professora todos nós temos nossas neuroses, todos nós temos nossas maluquices. Mas aplicadas numa sociedade fechada e conservadora a coisa pode complicar e se tornar mais séria do que o é. Enfim A Professora de Piano em princípio pode parecer uma mer**, mas parando para pensar (os que gostam de fazer isso lógico) vemos que o filme é muito mais do que vimos na tela.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 02/07/2005
Código do texto: T30371
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273075 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:37)
leandroDiniz