Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lisbela e o Prisioneiro (Lisbela e o Prisioneiro, 2003, Guel Arraes)

Lisbela e o Prisioneiro – Na onda de crescimento que passa o cinema nacional, vem muitas coisas no embalo. E Lisbela... é uma dessas. Primeiro eu meio que discordo que seja um filme autentico, pois tem cara de seriado de tv da Globo que é uma coisa.
Fora a caraça de coisa feita pra tv, Lisbela é despretensioso No início do filme ele já se entrega por total. Lisbela faz questão de narrar tudo que acontece num filme desse tipo é então que ficamos sabendo o que vai acontecer.
O roteiro tem seus méritos quando faz umas inversões entre as coisas que passam no cinema e as que acontecem no filme. Mas mesmo assim não são tão fabulosas como são as próprias cenas gravadas como se fossem os seriados antigos que entupiam os cinemas antigos.
Os personagens então nem se fala, são meras caricaturas, não que isso seja errado, no filme funciona muito bem quando temos cenas engraçadas mas nas partes mais dramáticas não conseguimos ter respeito ou consideração pelos mesmos.
Como passa-tempo é ótimo ir ver Lisbela... mas como um filme complexo é melhor passar longe. Compre uma pipoca e um refrigerante e ria um pouco com essa comédia brasileira.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 02/07/2005
Código do texto: T30411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273087 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:43)
leandroDiniz