Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Harry e Sally - Feitos um para o Outro e De Repente é Amor (When Harry Met Sally... - Rob Reiner - 1989) (A Lot Like Love - Nigel Cole - 2005)

Harry e Sally - Feitos um para o Outro e De Repente é Amor (When Harry Met Sally... - Rob Reiner - 1989) (A Lot Like Love - Nigel Cole - 2005)

Impossível não ver De Repente é Amor e não se remeter a Harry e Sally. Os dois filmes têm a mesma estrutura narrativa e abordam o mesmo tema.

Os dois filmes nos contam a vida de um casal entre encontros e desencontros através dos anos.

No primeiro temos dois jovens que fazem uma viagem conjunta e acabam se conhecendo, forçadamente no carro em que viajam. Logo depois se separando, sem que nada tivesse acontecido, e vão se reencontrando com intervalos de anos entre os encontros. Vale lembrar que o tom ácido das conversas é sempre bom de ver, pois nos mostra a natureza dos personagens, que através de suas opiniões demonstram ter uma profundidade.

Já no segundo o casal se encontra em um avião (a viagem conjunta forçada), mas ao invés de apenas ficar no nível da conversa eles já transam no banheiro do avião. Sem terem trocado nenhuma palavra em conversa. Outros tempos? O que acontece nesse filme é muito mais carnal do que mental, já que os personagens, não se identificam muito, mas ao longo dos anos amadurecem esse desejo mútuo, sem que esse desejo seja explicado do lado sentimental.

Os diálogos do primeiro são excepcionais e sempre que Sally encontra Harry ficamos na expectativa para saber o que vem por aí, já que a implicância dos dois tem um que de interesse e em suas briguinhas vamos vendo a construção de um relacionamento que vai se consolidar no meio do filme. Enfim eles viram amigos.

No segundo os personagens são ralinhos e nada tem de muito conclusivo para conversarem, apenas besteiras e banalidades, pois no primeiro filme vemos a evolução de cada personagem através dos anos. Nesse exemplar vemos que os anos passam e as crianças continuam sempre naquele espírito teen.

Enquanto que nesse segundo a trama envolve amor à primeira vista o primeiro nos mostra em como o amor pode ser construído.

Não tenho como falar que De Repente é Amor é pior que Harry e Sally, mas mostrei como que uma produção recente que tenta atingir o público teen refaz o conceito de relação amorosa, colocando como coisa do destino o que em Harry e Sally se apresenta como questão de conhecimento, intimidade, amizade e relacionamento.

Tempos diferentes, relacionamentos diferentes. Qual o melhor? Tire suas conclusões.
leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 06/08/2005
Código do texto: T40656
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273073 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:13)
leandroDiniz