Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sideways - Entre Umas e Outras (Sideways - 2004 - Alexander Payne)

Foi com prazer que vi esse filme e com pesar de não o ter visto no cinema. Perdi alguns meses em que poderia ter-me divertido e ao mesmo tempo visto um dos melhores filmes de 2004.

Sideways conta a última semana de solteiro de Jack (Thomas Haden Church) que parte com seu amigo Miles Raymond (Paul Giamatti) para uma viagem pelos vinículas da Califórnia. Vale lembrar, ou contar, que Miles é divorciado há dois anos e está depressivo desde a separação e Jack é um fanfarrão adulto que quer somente ter sexo antes de se casar.

É interessante notar logo no início do filme o total descaso com qualquer responsabilidade que Miles tem devido a sua falta de contato e vontade de viver. Quanto a seu amigo, que é um ator já em fase de decadência, parecer um adolescente grande que não sabe muito bem o que quer da vida.

O filme é bem dirigido e o roteiro acompanha a qualidade da direção (ou seria o contrário, pois o roteiro é escrito antes da direção se efetivar). Com cuidado para não esteriotipar os seus personagens a estória vai nos dando informações acerca dos personagens, como a aversão da mudança e a sua saída da fossa por parte de Miles. Vamos conhecendo os personagens através de suas ações ao longo do filme e o mais legal é que às vezes os próprios personagens vão se descobrindo junto conosco.

É quando os dois têm a oportunidade de sair com duas mulheres que aparentemente estão afim deles e Jack vai fazer de tudo para que Miles não o atrapalhe com seu pessimismo depressivo.

É a patir dai que Miles, ao conhecer melhor Maya (uma garçonete de um dos restaurantes que frequenta) é mais que parece ser. E acaba realmente se interessando por ela. Enquanto Jack tem uma paixão absurda com o seu par, se nao me engano chamada Stephanie.

É muito bom ver como a comédia vai se misturando com o drama interno de cada personagem e com isso dando uma consistência bem sólida aos acontecimentos tal que esquecemos que estamos assistindo uma comédia e sentimos pesar em alguns momentos, noutros caímos no chão de tanto rir.

É um filme rico e bem feito com atores bons (a dupla de atores principais tem uma química boa e fica com eles o maior mérito do filme) que tanto diverte como engrandece.

leandroDiniz
Enviado por leandroDiniz em 28/09/2005
Código do texto: T54640
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandroDiniz
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
260 textos (273060 leituras)
3 e-livros (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:42)
leandroDiniz