Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Iluminação e Magia VIII - ASAS DO DESEJO

     O filme “Asas do Desejo” — rodado em 1987 —, do cineasta alemão Wim Wenders, conta uma história de anjos, de Anjos da Guarda. Com roteiro de Wim Wenders e Peter Handke (poeta alemão contemporâneo), a trama do filme foi inspirada nos poemas de Rainer Marie Rilke (“Elegias a Duíno”).
     O enredo do filme apresenta uma dupla de anjos — anjo Damiel (Bruno Ganz) e anjo Cassiel (Otto Sander) — sobrevoando o céu da cidade de Berlim; observando o dia-a-dia dos seres humanos e “ouvindo”, com curiosidade e admiração, os pensamentos e as angústias de berlinenses mergulhados na cotidianidade. Vistos somente por crianças e ex-anjos, com efeito, Damiel e Cassiel, ambos melancólicos, contemplam uma Berlim — metrópole européia que insiste em experimentar o impossível vôo da modernidade — mergulhada num campo de ruínas: ora uma Berlim nazista, ora pós-guerra, ora pós-muro. São anjos que se entristecem com a desordem afetiva e material dos habitantes que ocupam o centro das catástrofes do século XX. Todavia, apesar de tudo, os anjos desejam viver as experiências dos humanos. A escolha de Berlim como cenário de “Asas do Desejo” deve-se ao fato de que, consoante Wenders: “... nenhuma outra cidade é tão forte como símbolo, quanto lugar de sobrevivência. Berlim é tão dividida como nossa época, como são homens e mulheres, jovens e velhos, ricos e pobres”.
     Parte do filme é rodado em preto-e-branco (o que vêem os anjos); ele só ganha cor quando o amor entra em cena, isto é, quando o anjo Damiel torna-se humano por amor a uma mulher, isto é, por uma trapezista de circo, de beleza angelical, chamada Marion (Solveig Dommartin). É deste modo que o anjo apaixonado decide tomar parte da vida humana. No final do filme, Damiel, na condição de humano, murmura as seguintes palavras: “ _ Eu sei, agora, o que nenhum anjo sabe”. Bela metáfora, aliás, para expressar a busca da imortalidade no desejo. Por outro lado, a trapezista Marion conquista a condição angelical ao perceber a efemeridade das coisas mundanas.
     A enigmática, perturbadora e poética trilha sonora do filme conta com a participação do roqueiro Nick Cave!!
     Em 1987, “Asas do Desejo” foi premiado com a Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes. Recentemente, o cenário de Berlim deslocou-se para Los Angeles. Refiro-me ao filme “Cidade dos Anjos” (City of Angels), versão comercial americana de “Asas do Desejo”. No Brasil, “Asas do Desejo” jamais foi exibido no circuito comercial de cinemas.


 SÍLVIO MEDEIROS
primavera de 2005
SÍLVIO MEDEIROS
Enviado por SÍLVIO MEDEIROS em 09/12/2005
Reeditado em 18/12/2005
Código do texto: T82793

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Prof. Dr. Sílvio Medeiros) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/silviomedeiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SÍLVIO MEDEIROS
Campinas - São Paulo - Brasil, 61 anos
267 textos (351864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:07)
SÍLVIO MEDEIROS